10/13/2009

Provérbio de Outubro

Com a vinha, em Outubro, come a cabra, engorda o boi e ganha o dono.
Em Outubro centeio ruivo.
Em Outubro não fies só lã; recolhe teu milho e feijão, senão de Inverno tens a tua barriga em vão.
Em Outubro o lume já é amigo.
Em Outubro ou secam as fontes, ou passam os rios por cima das pontes.
Em Outubro sê prudente: guarda pão, guarda semente.
Em Outubro semeia e cria, terás alegria.
Em Outubro, centeio rubro.
Em Outubro, o fogo ao rubro.
Em Outubro, paga tudo.
Em Outubro, S. Simão, favas no chão.
Em Outubro, S. Simão; semear, sim; navegar, não.
Logo que Outubro venha, procura a lenha.
Outubro chuvoso, faz o lavrador venturoso.
Outubro nublado, Janeiro molhado.
Outubro pega tudo.
Outubro quente traz o diabo no ventre.
Outubro seca tudo.
Outubro secão, negaças de verão.
Outubro sisudo, recolhe tudo.
Outubro suão, negaças de Verão.
Outubro vaca para o palheiro e porco para o outeiro.
Outubro, Novembro e Dezembro, não busques o pão no mar, mas torna a teu celeiro e abre o teu mealheiro.
Quando Outubro for erveiro, guarda para Março o palheiro.
Quem planta no Outono leva um ano de abono.
Se em Outubro te sentires gelado, lembra-te do gado.
Vindima em Outubro, que São Martinho to dirá.